Sábado, 20 de Janeiro de 2018

Brasil
Publicada em 26/12/17 às 22:46h - 22 visualizações
JUÍZA CARMEM LÚCIA
MALUF

GAZETADOPOVO


A presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministra Cármen Lúcia, julgou nesta terça-feira (26) incabíveis dois habeas corpus que foram pedidos em nome do deputado federal Paulo Maluf (PP-SP), preso desde a semana passada por determinação do também ministro do STF Luiz Edson Fachin. Com esses dois, Cármen Lúcia já negou a soltura de Maluf por três vezes em menos de uma semana.Um dos pedidos negados nesta terça havia sido feito por um advogado que é amigo da família de Maluf, Eduardo Galil. O outro, por um advogado que não é conhecido pela defesa do deputado, Antonio José Carvalho Silveira. Na quinta-feira da semana passada (21), Cármen Lúcia já havia recusado o pedido de soltura do deputado formulado por um dos advogados de Maluf no caso, Antonio Carlos de Almeida Castro, conhecido como Kakay.

Guerra de argumentos: crime prescrito versus "inviabilidade jurídica"

Nos novos pedidos de habeas corpus, desta terça, ambos os advogados alegaram que não seria possível a condenação pelo crime de lavagem de dinheiro porque já teria havido prescrição (esgotamento do prazo da Justiça para a punição).




Deixe seu comentário!

ATENÇÃO: Os comentários postados abaixo representam a opinião do leitor e não necessariamente do nosso site. Toda responsabilidade das mensagens é do autor da postagem.

No Ar
TV WEB SHOW com Neide Pereira
Hora Certa
Publicidade Lateral
Redes Sociais


61 99553 8319

Bate Papo

Digite seu NOME:


Peça sua Música

  • Tony Silva
    Cidade: Brasil
    Mensagem: Sunday Bloody Sunday
  • Sérgio Sales
    Cidade: Brasil
    Mensagem: Faroeste Caboblo - Legiao Urbana
Parceiros

Copyright (c) 2018 - TV WEB E RÁDIO WEB SHOW CONECTADOS COM VOCÊ. RÁDIO WEB SHOW. RÁDIO WEB SHOW. RÁDIO WEB SHOW. VEM COM A GENTE - Todos os direitos reservados